ECONOMIA

Gasto com Dia das Mães deve ter aumento de 11,5% em SC, diz pesquisa

Foto: Divulgação

O gasto médio do consumidor catarinense com presentes para o Dia das Mães de 2021 será de R$ 162,54, aponta uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC). O valor é 18,3% maior do que os R$ 137,41 registrados no ano passado. Descontados os índices de inflação dos últimos 12 meses, o aumento real é de 11,5%.

Apesar da alta pontual, o gasto médio ainda está abaixo do patamar histórico. Segundo a Fecomércio, os anos de 2017, 2018 e 2019 tiveram um valor médio de R$ 166,33, ou seja, houve avanços em 2021, mas que ainda não atingiu os índices pré-pandemia.

Os itens preferidos são vestuário (27,2%), não sabe (18,2%), perfumes e cosméticos (16,6%), calçados e bolsas (13,9%), flores (6,4%), e artigos de decoração (5,6%).

Neste ano, a maior parte dos consumidores (30,4%) pretende gastar entre R$ 100 e R$ 150 com o presente. O gasto médio sobe devido à parcela de 14,2% dos entrevistados da pesquisa que afirmam que vão gastar R$ 250 ou mais.

Além disso, 60,8% vão usar parte da renda mensal para adquirir os produtos, contra 26,8% de quem vai usar crédito e de 8,4% de quem fez uma reserva para a data. Isso também reflete nas opções de pagamento: 38,1% prefere dinheiro à vista, 23% à vista no débito, 19% parcelado no cartão de crédito e 13,4% à vista no cartão de crédito.

A pesquisa apontou ainda como cada consumidor vê sua própria situação financeira. O indicador serve para medir a propensão de gasto e o avanço do poder de compra entre uma data e outra. Em Santa Catarina, 23,6% dos entrevistados disseram que estão melhor do que em 2020, 40,7% diz que está igual, e 35,4% afirma estar pior.A Fecomércio ouviu 1.126 pessoas, entre 31 de março e 13 de abril, de sete cidades catarinenses: Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.




Jornal do Iririú

Fones: (47) 3025-4832 - 99110-4832 (WhatsApp)

E-mail imprensa@jornalbairros.com.br






Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina