REFLETINDO IDEIAS

'Mães',homenageando-as pelo dia a elas consagrado - Sidônio Cassol

Sidônio Cassol - Professor, com pós-graduações em Psicopedagogia e Pesquisa e Ciência da Educação. Parapsicólogo pelo Instituto de Parapsicologia e Ciências Mentais de Joinville. Palestrante motivacional, comunicador de Rádio e escritor. Membro da Associação Internacional de Lions Clubes. Reside em Joinville, é casado, pai de três filhos e avô de 4 netos

A maternidade bem como a paternidade são responsáveis pelos filhos na formação do caráter e suas relações e principalmente pelo futuro dos jovens, filhos de uma relação de amor e afeto que o casal, mãe e pai assumiram e adotaram como educadores. Pelo assumir pleno desta responsabilidade haverá a formação saudável, harmônica e equilibrada para uma personalidade positiva aos filhos.

A responsabilidade assumida pelo casal vai além dos cuidados com saúde, formação, alimentação e vestuário, como também de uma excelente comunicação. O convívio familiar permite que mãe e pai conheçam melhor seus filhos oferecendo-lhes condições para ajudá-los. Neste processo educativo os pais aceitam seus filhos e estes se sentem acolhidos. É uma troca de sintonia, amor, confiança e união familiar.

As relações serão construídas no próprio aprendizado e conhecimento mútuo - mãe, pai, filhos e vice-versa. Uma das missões mais importantes dos pais é a transmissão dos valores morais, éticos, sociais e espirituais a seus filhos. Nesta relação, a Mãe tem uma missão primordial desde a concepção, formação, parto, amamentação com amor e responsabilidade.
Não estou aqui deixando a figura paterna de lado, porém, hoje a homenagem é para as mães, pelo seu dia, segundo domingo de maio.

A   F L O R  CHAMADA  M Ã E
Deus na sua infinita sabedoria e amor pela vida, decidiu arquitetar uma flor especial para o jardim materno do universo.
Pensou, rezou, imaginou e idealizou a mais linda flor do jardim deste mundo. Uma fina flor que passaria a produzir alegria, amor, amabilidade, serenidade, afeto e carinho. Esta flor deveria se tornar a mãe do universo.
Com braços carinhosos, afetuosos e seios para amamentar os filhos deste lindo planeta.
Pensou, sonhou e uma nova figura maternal surgiu em sua mente:
Uma imagem de rainha, perfume próprio, delicadeza pura e simples de uma oração. Nasceu, então, a flor que Deus deu o nome de:                                          "Flor Mãe da Humanidade"
Deus ficou vislumbrado com a beleza desta flor.
Com um sorriso de paz e amor, o Criador ficou feliz por ter completado em sua criação, a obra de amor mais completa do mundo:
"A Flor Mãe"

PARABÉNS A TODAS AS MÃES!






Jornal do Iririú

Fones: (47) 3025-4832 - 99110-4832 (WhatsApp)

E-mail imprensa@jornalbairros.com.br






Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina